Estou de volta!

Depois de 4 anos sem postar, resolvi reativar meu blog e continuar a escrever sobre algumas inesquecíveis experiências que tenho vivido.

A escrita é uma das maiores invenções da humanidade. A partir dela, o ser humano aprendeu a se comunicar com seus iguais e entender melhor o que o cerca. Com isso, surgiu a vontade de escrever por prazer; escrever histórias, contos e poesias e transformar a literatura em arte!!!!!

blog

Black Friday Brasil

Cada estado, cada cidade

Agende essa data e não perca essa oportunidade!!!

Preparando ministros de esportes. Uma grande oportunidade que a igreja brasileira está tendo de se preparar para os eventos esportivos que acontecerão no Brasil:
* 2013 – Copa das Confederações
* 2014 – Copa do Mundo
* 2016 – Olimpíadas

A Coalizão Brasileira de Esportes está promovendo uma conferência internacional em Natal no mês de janeiro de 2013. O foco é capacitar vocacionados para trabalhar com ministérios de esportes e planejar projetos e eventos a serem desenvidos nos próximos anos no Brasil, através da igreja local.

Assita o vídeo e espalhe essa idéia!!!!

Tatu-bola será mascote oficial da Copa de 2014

A revista Veja mostrou a imagem do que seria a mascote oficial da Copa do Mundo de 2014. O animal escolhido para representar o Brasil no evento da Fifa foi o tatu-bola.

Na imagem, o bicho, que tem olhos verdes, segura uma bola de futebol e veste camiseta com o nome do país.

Os nomes escolhidos para batizar o tatu-bola, que acabaram criando polêmica nas redes sociais devido a sua complexidade, foram escolhidos a partir de uma terminologia ecológica.

Amijubi junta as palavras “amizade” e “júbilo“, do tupi guarani, onde “juba” significa amarelo – a cor prodominante do mascote.

Fuleco é a soma de “futebol” e “ecologia“, e Zuzeco é formado pelos elementos do azul (cor do mar brasileiro) e também ecologia.

Recentemente, também pela internet, a Adidas iniciou o nome da bola oficial para 2014.

O anúncio do nome da bola da próxima Copa foi feito pelo ex-jogador Cafu, capitão do Brasil na conquista do pentacampeonato mundial, durante participação no programaEsporte Espetacular.  O vencedor foi escolhido com 77,8% da preferência popular.

Apesar do nome ter sido definido, o design da bola da Copa do Mundo segue como um mistério. De acordo com a fabricante, ‘Brazuca’ será conhecida do público apenas em 2013.

Na Copa de 2010, na África do Sul, a bola do Mundial foi batizada de Jabulani. A polêmica em torno dela foi muito grande por ser considerada muito leve e atrapalhar o trabalho dos goleiros.

fonte: uol

As Olimpíadas 2012 – Brasil

É o quinto maior país do mundo em área territorial.
Tem a quinta maior população do mundo.

É a sexta maior economia do mundo.
É o maior país da América do Sul.
Maior país lusófono do mundo.
21º no quadro de medalhas dos jogos olímpicos de Londres.
Após 10 dias de jogos o Brasil ocupa a 21º colocação no quadro de medalhas. Está atrás de países como Bielorússia, Cazaquistão e Coréia do Norte.
Seremos sede dos próximos jogos olímpicos, no Rio em 2016 e pelo andar da carruagem, não veremos muitas medalhas em solo nacional.
De quem é a culpa?
Com certeza não é dos atletas, que mal ganham uma ajuda para sobreviver e mesmo assim, praticam arco e flecha, judô, atletismo, nado sincronizado e ginástica, sendo que a maior vitória de suas vidas é persistir, resistir e se entregar no esporte, pois reconhecimento mesmo, apenas da sua família.

Herói nem sempre é o que vence ou o que fica em primeiro. Herói é quem acorda cedo, faz o que ama e mal ganha para sobreviver.
Heróis são esses atletas, que gente como nós(do povo) não são valorizados, porém estão sempre na luta.Por isso sempre tenho dito: “Matamos nossas lagartas e reclamamos que que não há borboletas…”

por: Aurelio Rachid Said

BandSports terá base móvel em Londres

Canal terá um ônibus na capital inglesa e outro em São Paulo para fazer a cobertura dos Jogos Olímpicos.

O canal Bandsports comprou dois ônibus ingleses – aquele vermelho, de dois andares –, fez as adaptações necessárias e vai utilizá-los na cobertura e na divulgação das Olimpíadas de Londres.

Um veículo ficará na capital inglesa, estacionado cada dia num ponto turístico da cidade, e será utilizado como estúdio principal do canal para a transmissão de jornais, realização de entrevistas e debates. Câmaras, apresentadores e entrevistados ficarão instalados no segundo andar do veículo, que foi adaptado para fazer as transmissões ao vivo.

Os estúdios do centro de imprensa de Londres serão usados apenas de forma alternativa, como instrumento de apoio. “Desse modo, vamos sempre mostrar a cidade ao vivo e pulsante durante as Olimpíadas”, comenta Elia Jr., que será o âncora do ônibus londrino. Ele conta que esse esquema de estúdio itinerante só foi possível porque houve total apoio da VisitBritain, a agência inglesa de turismo.

O segundo veículo em São Paulo vai circular pela cidade durante todo o período das Olimpíadas, com o objetivo de divulgar o canal. O busão inglês já está na cidade, pronto para sair às ruas.

Equipe

Os narradores principais do BandSports serão Luciano do Vale e Oliveira Andrade, recém-contratado. A equipe de comentaristas será ampliada, com a contratação de vários atletas e técnicos, como Marcelo Negrão (campeão olímpico 92 de vôlei) e Cléberson Yamada (técnico de atletismo). Os principais apresentadores da canal  farão seus programas e jornais diretamente de Londres. No total, cerca de 200 profissionais vão trabalhar exclusivamente para as Olimpíadas, instalados em Londres e em São Paulo.

Com o slogan “Bandsports, muito além do esporte”, a campanha publicitária preparada para marcar as transmissões das Olimpíadas terá vinhetas com depoimento de oito atletas olímpicos: Maurren (atletismo), Leandro Guilheiro (judô). Marcelinho Machado (basquete), Marta (futebol), Henzo (esgrima), Esquiva (boxe), Marilson (Maratona) e Hugo Oyama (tênis de mesa).

fonte: http://www.band.com.br/esporte/olimpico/

valeu irmão…

O que faz do povo brasileiro um povo especial?

 

Ontem, enquanto almoçava, percebi mais uma vez o porque o povo brasileiro é diferente!!!!

 

Enquanto devorava meu “sandubão” no Subway de Kilburn, um bairro de Londres marcado pela mistura de povos e raças, não tive como não perceber a presença de outro “brazuca” falando no telefone com sua esposa.

 

“…amor, eu parei pra comer e já vou pra casa.”

 

Fiz o pedido do meu sanduiche e me sentei algumas mesas depois do brasileiro que continuava a conversa.

 

“…depois você pega o dinheiro lá na caxinha para mim, eu acho que vou comprar um papel de parede pra levar embora.”

 

Tentei demonstrar que não estava ouvindo a conversa e comecei a saborear o subs de peito de frango. Mas não deu, me entreguei ao ouvir: “eu tô pensando em levar um tanto de material de construção, acho que vou encher a minha bagagem de ferramentas…” e continunou dizendo: “aaaahhh don Maria, você não vai se livrar assim tão fácil de mim não viu?”

 

Dei uma risada e apenas olhei para o “brother” nascido provavelmente no mesmo estado que eu, nosso sotaque nos entrega…

 

Para os que moram fora do Brasil, longe da sua cultura, comida, costumes, praias e cachoeiras, amigos e família, dá sempre um aperto no coração toda vez que vemos algo a respeito da nossa pátria amada (isso é, se você ama a sua pátria). Principalmente em tempos de olimpíadas, copa do mundo e em tanto se falar no crescimento do Brasil na mídia internacional (algo inédito nos anos passados que morei fora).

 

Ao decidir adotar outra nação como a sua segunda casa você acaba se deparando com 2 tipos de brasileiros: os que “abominam”, não gostam e não querem nem saber de voltar pra lá e os que amam o Brasil, sentem falta e desejam um dia regressar a terra do samba, do carnaval, do guaraná, do churrasco, do pão de queijo kkkkk.

 

 

 

Sempre que me apresento a alguém logo vem a pergunta, “você é de onde?” e quando digo “eu sou “brasileiro” a reação é sempre a mesma:  “Ah, o Brasil!!!!”

 

Algumas das muitas qualidades do povo brasileiro:

  • Somos acolhedores e fraternos
  • Somos humanos e solidários
  • Somos alegres e autênticos
  • Somos criativos e sonhadores
  • Somos um povo bonito e romântico
  • Somos resistentes
  • Somos esperançosos e intensos

 

O final do evento inusitado no subway foi que, ao desligar o telefone e pegar suas coisas, o brasileiro virou para mim e apenas disse “valeu irmão” e saiu sorrindo.

 

Sem ter conversado, mas apenas percebido a presença de outro “patriota” no restaurante foi o suficiente para dizer em 2 palavras o que o outro entendeu: somos do Brasil, falamos a mesma língua, sentimos a mesma saudade de casa…