Estou de volta!

Depois de 4 anos sem postar, resolvi reativar meu blog e continuar a escrever sobre algumas inesquecíveis experiências que tenho vivido.

A escrita é uma das maiores invenções da humanidade. A partir dela, o ser humano aprendeu a se comunicar com seus iguais e entender melhor o que o cerca. Com isso, surgiu a vontade de escrever por prazer; escrever histórias, contos e poesias e transformar a literatura em arte!!!!!

blog

I AMSTERDAM

Amsterdã  é a capital, e a maior cidade dos Países Baixos, situada na província Holanda do Norte. Seu nome é derivado de uma represa (dam) no rio Amstel, o rio onde fica a cidade.

 

A cidade é conhecida por seu porto histórico, seus museus de fama internacional, sua zona de meretrício (Red Light District, o “Distrito da Luz Vermelha”), seus coffeeshops liberais, e seus inúmeros canais que levaram Amsterdã a ser chamada a “Veneza do Norte”.

 

É difícil definir exatamente o que faz essa ser uma cidade tão diferente. Talvez ele pelos seus canais, ou em seus prédios de fachadas coloridas, construídos durante o século 17. Ou talvez em suas pequenas embarcações que servem de moradia a tanta gente e outras coisas loucas que se encontra pelas ruas dessa cidade e que há décadas deixou de ser novidade por aqui. Ou quem sabe a razão principal é o fato desta ser uma cidade construída abaixo do nível do mar, onde as pessoas tem o hábito de usar sapatos de madeira, produzir queijos saborosos e trabalhar em moinhos de vento. 

 

Mas pensando bem estas coisas também existem em outros lugares do mundo! Talvez o encanto de Amsterdam esteja simplesmente porque aqui pode-se encontrar todas estas coisas, ao mesmo tempo e no mesmo lugar.

 

Muita gente deseja visitar Amsterdam, e por razões bem variadas. Seja a trabalho, romantismo, turismo ou qualquer outra razão.

 

Sejá lá o que for, vale a pena visitar a famosa Amsterdã.

 

Pé na estrada – Parte 3

Os que já me conhecem sabem, no meu dicionário a palavra VIAJAR aparece mais de 1x… (acho que muito mais que isso). Na verdade a minha família toda gosta também…  

Travel light é uma expressão em inglês para viagens com pouca bagagem (o meu caso).

Eu geralmente viajo barato, pra perto, pra longe, sozinho e com galera, a trabalho e a lazer.

Não importa  como, o importante é viajar, explorar, descobrir, experimentar… 

E pra não perder o costume, estou de malas prontas, de novo!!!!!!

Dessa vez numa jornada um tanto que aventureira para “re”visitar 2 amigos em 2 países vizinhos.

Na Holanda…

 

e na Alemanha…

 Conheci esses 2 amigos de formas diferentes há muitos anos atrás e (graças a internet) mantivemos contato e pudemos nos rever tanto lá (no país deles) quanto aqui (no país que não é meu).

Serão 12 horas de ônibus numa jornada saindo de Londres até o sul da Inglaterra, atravessando o canal inglês, chegando no noroeste da Holanda e até finalmente a primeira parada em Amsterdam. Na sexta sigo viagem de trem até a cidade onde meu outro amigo vai se casar. 

É melhor eu ir nessa porque como um bom mineiro que sou não posso perder o trem, quer dizer, o busão.

Mais histórias da viagem a seguir… aguardem!

FUI