Londres do ponto de vista do turista…

O  meu blog agora terá parcerias. A coisa tá ficando boa…

É sempre gratificante receber o “feed back” das pessoas e saber que o objetivo do meu blog tem sido alcançado…

São pessoas procurando matérias ou fotos pelo google ou apenas “surfando” pela net e acabam caindo no meu blog.

Recebi recentemente um e-mail que me deixou ainda mais alegre. A partir de agora outras pessoas também estarão escrevendo para o meu blog.

Grandes parcerias pela frente –> Vamos ao primeiro post!!!!


Londres para turistas

por: Marcela Arantes.

Uma das cidades mais charmosas e legais do mundo é Londres.

A capital britânica é incrível, consegue conciliar sua rica história com o avanço tecnológico da sexta maior economia do planeta. Além disso, essa cidade é um grande polo cultural. Os diversos museus com excelentes exposições e a noite londrina são alguns dos muitos atrativos turísticos.

Fui para Londres uma vez, em 2010, e fiquei em um hostel, o Clink 261, perto da Kings Cross St Pancras e Hoxton. Era um lugar muito aconchegante, com uma energia bem jovem, como todo bom hostel deve ser. Enfim, visitei lugares incríveis. A London Eye, a roda gigante à beira do rio Tâmisa, tem uma vista deslumbrante lá do alto. O ingresso para a atração custa £ 18, 90, mas pode ser adquirido online com 20% de desconto. Vale muito a pena.

Visitar a Westminster Abbey é uma obrigação. A visita dura cerca de duas horas e é paga. A Westminster Abbey fica bem próxima dos cartões postais londrinos, o Big Ben e o Parliament, que obviamente não devem ser deixados de fora do roteiro. Depois, vá para o belo St. James Park, que te levará ao Palácio de Buckigham. Acompanhe a troca da Guarda Real, é clichê mas é muito legal. A National Gallery e a Leicester Square, lugar que reúne diversos teatros, são os lugares ideais para quem for a Londres pelas artes. Também não deixe de visitar o belíssimo Hyde Park e dê uma passadinha por Camden Town, o bairro dos rastafáris, punks, góticos, hippies e todas as tribos.

A culinária de Londres é um caso à parte. A paixão nacional é o famoso fish and chips, que é um prato com peixe frito empanado acompanhado por batata frita e vinagre. Eles também gostam muito do beans on toast, torrada coberta com feijão e molho de tomate. O almoço e o jantar normalmente têm carne assada e verduras cozidas, batata assada e yorkshire pudding, uma espécie de panqueca ao forno, com o molho da carne servido por cima. Os ingleses também apreciam tortas salgadas com recheios de galinha ou carne bovina, suína ou de carneiro. O curry indiano também já é um prato típico na cidade. Se você voltar para o Brasil e sentir saudade desses pratos, existem diversos restaurantes e serviços de delivery online de comida como http://www.janamesa.com.br/.

Não deixe de visitar Londres, você não vai se arrepender!

Para mais informações e dicas sobre viagens, acesse o meu blog, http://viagensdiversas.com/

Gostaria de deixar um abraço para o Abel Santos e agradecer pelo espaço cedido.

Um abraço a todos,
Marcela Arantes.

Como ir de Heathrow ao centro de Londres

O aeroporto de Heathrow (LHR) é um dos mais movimentados do mundo e é lá que os voos diretos do Brasil aterrizam. O voo da TAM chega no Terminal 1 e o da British Airways no novo Terminal 5, inaugurado em 2008.

O aeroporto fica a cerca de 30 kms do centro de Londres e oferece ao viajante várias opções de transporte para o centro da capital. As principais opções são:

 Trem Heathrow Express: a forma mais rápida para chegar ao centro. O trajeto do aeroporto até a estação de Paddington, no centro de Londres, dura cerca de 15 minutos sem escalas.  Há duas estações no aeroporto: uma no Terminal 5 e outra que serve os Terminais 1-3 (Heathrow Central). Chegando no Terminal 4, é preciso trocar de trem, mas isso é feito de forma rápida e não é cobrado nada extra.

O preço da passagem em 2012 é ₤18,00 (₤34,00 para ida e volta) se comprada na máquina no próprio aeroporto, ou ₤19,00 se comprada dentro do trem. O jeito mais fácil de adquirir a passagem, no entanto, é online, antes de sair de casa no Brasil. Basta imprimir o bilhete eletrônico com código de barras para apresentar ao cobrador quando pedido. Ao chegar na estação, é só esperar pelo trem e embarcar.

O Heathrow Express funciona das 5:00 às 24:00 aproximadamente, com cerca de um trem a cada 15 minutos. Veja os horários aqui.

Chegando à estação de Paddington, pegue um táxi ou metrô para seu destino.

 Metrô: há três estações de metrô em Heathrow: Heathrow Terminal 5Heathrow Terminal 4 e Heathrow Terminals 1, 2, 3.  A linha azul escura (Piccadilly) conecta o aeroporto ao centro de Londres e ao restante do sistema de metrô da cidade.   É bem mais barato que o Heathrow Express, mas demora bem mais (aproximadamente 1 hora até Piccadily Circus). Como a viagem começa em Heathrow, é tranquilo achar lugar para sentar e acomodar as malas não fica tão difícil.

O horário de funcionamento do metrô é semelhante ao do trem, porém as saídas são mais frequentes. Além de ser mais barato que o trem, a vantagem do metrô é que,  dependendo do destino final do passageiro no centro de Londres, é possível descer já na estação mais próxima, caso seja uma das muitas estações da linha Piccadily.

Uma passagem única (single) para o centro de Londres (Zona 1) custa em 2012 ₤5,30 (a partir de ₤2,90 com Oyster Card) e pode ser adquirida na estação do aeroporto.  Heathrow está na zona 6 de transporte.

3 – Trem Heathrow Connect – é um trem parador, mais lento (25-30 minutos) e mais barato (₤9,10) que o Heathrow Express. O destino final também é a estação de Paddington, no centro de Londres. Veja os horários aqui. Para quem vai para o oeste de Londres, e tem como destino final uma destas estações, é uma boa opção:

4  Ônibus especial – a National Express faz a ligação entre o terminal rodoviário do aeroporto e a estação de ônibus de Victoria (Victoria Coach Station), por ₤6,50. A viagem leva de 40 minutos a 1,5 hora dependendo do trajeto e do trânsito. Os serviços a partir de Heathrow iniciam-se às 5:30 e se estendem até às 21:30. É uma boa opção para quem vai para outras cidades da Inglaterra, ou para os outros aeroportos (há conexões para Gatwick, Stanstead e Lutton). Mais detalhes aqui.

5  Táxi – como em todo aeroporto, há filas de táxi na saída do terminal. O táxi tradicional (black cab) é o mais caro, e uma viagem até o centro da cidade custa pelo menos ₤70,00, e pode demorar bem mais de uma hora, dependendo do trânsito.

6 – Ônibus noturno – Entre meia-noite e 5:30 aproximadamente, a única opção de transporte público (além do táxi) é o ônibus noturno N9, que tem como destino final a Trafalgar Square, no centro de Londres. A viagem dura aproximadamente 1 hora, e custa ₤2,30 (preço para 2012).

7 – Trânsfer – Para ter um carro com motorista esperando por você na chegada, leia aqui.

Bem vindo a Londres!!!!

Fotos: http://www.heathrowairport.com

Pedalando por Londres…

Que tal pegar uma bike, pedalar pra onde quiser na cidade…

e depois de usá-la devolver em qualquer outra região e pronto…

 

…ela estará disponível para a próxima pessoa usar.


 

Talvez você possa estar dizendo, isso não funcionaria nunca no Brasil. Quem sabe um dia!!!!!


Aqui em Londres isso virou “febre”. Disponível 24 horas por dia, durante o ano inteiro,

Todos estão aderindo a idéia. De turistas com suas mochilas a homens de negócios em seus ternos e gravatas

O sistema é auto-atendimento e não há nenhuma necessidade de reserva. Basta aparecer em qualquer ponto Barclays, passar o cartão, pegar o código e ir embora.



Essa idéia foi implantada pelo Banco Barclays e a expectativa durante os jogos Olímpicos de Londres é de que muitas pessoas evitem usar o metrô e ônibus e usem as “magrelas”.

Assita o vídeo abaixo:

E aí, vai encarar?


Eu não gosto de moedas…

Na minha terra moeda é chamada de prata, pois é, eu sou do interior…

Eu não sei você, mas eu não gosto de usar moedas, toda vez que me dão troco em moedas eu coloco no bolso e chegando em casa deixo em algum lugar. Na verdade hoje em dia com a facilidade de cartões de débito as vezes nem notas uso mais.

Para muitos que estarão vindo a Londres pela primeira vez, perceberão que “prata” aqui vale, e muito.

O símbolo da libra esterlina é £ e em inglês é chamada sterling pounds ou somente pounds.  Apesar do Reino Unido fazer parte da União Européia, o Reino Unido não adotou (pelo não menos até agora) o euro como sendo a moeda oficial do país. A libra esterlina é utilizada na Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

As moedas são: 1 penny, 2 pence, 5 pence, 10 pence, 20 pence, 50 pence, 1 pound, and 2 pounds. 1 centavo, 2 pence, 5 pence, 10 pence, 20 pence, 50 pence, £ 1 (one pound) e £ 2 (two pound).

Hoje £ 1,00 equivale a R$ 3,08.

 Já as notas utilizadas atualmente no Reino Unido são: de 5 libras, 10 libras,  20 e a de 50 libras (que pra mim é como a nota de 100, quase não vejo).

Está vindo para Londres?

Veja também: https://santosabel2.wordpress.com/dicas-sobre-londres/

As Olimpíadas de Londres em Números…

Londres recebe os “Jogos Olímpicos” pela terceira vez (1908, 1948, 2012), mas o planejamento, trabalho e empenho envolvidos na organização dessas Olimpíadas supera de longe todos os eventos anteriores. Conheça alguns dos números que devem fazer de Londres 2012 os melhores Jogos Olímpicos da historia.
Estádios onde os jogos serão realizados: 28;
Capacidade total dos estádios: 700.000 pessoas;
Capacidade do Estádio Olímpico: 80.000 pessoas;
Área total do Parque Olímpico: 238 hectares;
Prédios demolidos para a construção do novo Parque Olímpico: 200;
Pontes construídas no Parque Olímpico: 30;
Contingente (incluindo voluntários e contratados): 200.000 pessoas;
Pessoal envolvido na construção: 2.8 milhões;
Custo dos jogos para os Londrinos: £625 milhões (R$ 1.7 bilhões);
Audiência mundial na Cerimonia de Abertura: 4 bilhões de pessoas;
Numero de mudas de plantas aquáticas nos canais do Parque Olímpico: 300.000;
Numero de arvores plantadas no Parque Olímpico: 4.000

By UK News

Com certeza uma oportunidade única de estar morando em Londres neste ano de 2012 !!!!

Londres 2012

Finalmente chegamos ao tão esperado ano de 2012.

Especulações de todos os lados, filmes e debates sobre esse ano tem tomado conta da mídia. A grande verdade é que ninguém sabe o dia ou a hora em que tudo vai acabar.

Enquanto esse dia não chega devemos viver intensamente e aproveitar coisas as boas que Deus nos dá.

Como por exemplo, as Olimpíadas que vão acontecer aqui em Londres a partir do dia 27 de Julho.

“Londres 2012”, acompanhe de perto cada momento deste grande evento!!!!

Clique abaixo para ver o video!!!!!

Dezembro

Então, chegou…

Parece que foi ontem Dezembro de 2010 e um ano a mais, ja era…

Dezembro sempre foi o melhor més de todos os meses do ano. Fim das aulas no colégio, o verão chegando, festas de fim de ano, família, tempo de reflexão e tomadas de decisões.

Passar Dezembro fora de casa (longe do Brasil) não é a mesma coisa, longe da família e dos amigos o jeito é se contentar e aproveitar o que Londres tem de melhor para oferecer.

Aproveitar a vista da janela do meu quarto:

uma boa caminhada no Hyde Parque

ir visitar o antigo local de trabalho…

explorar a cidade a pé pra queimar as calorias do inverno

e ser grato por morar numa cidade tao bonita como essa