Maragogi, o caribe brasileiro

Ir à pequena cidade de Maragogi, no norte de Alagoas, é se sentir no Caribe sem precisar deixar o Brasil.

marago

As praias paradisíacas – de densos coqueirais, águas límpidas e esverdeadas – fazem jus à comparação. Mergulhar no mar calmo de Maragogi é observar bem de perto arrecifes de corais e ter o corpo rodeado de peixes coloridos.

mara

A localização da cidade é privilegiada: a cerca de 130 km de Maceió e de Recife, com acesso fácil pelas duas capitais. Maragogi – cujo nome vem de “rio livre” – faz parte da Costa dos Corais, a maior Área de Proteção Ambiental (APA) da Marinha brasileira.

Criada por decreto em outubro de 1997, a APA da Costa dos Corais tem 150 km de extensão e abrange quatro municípios de Pernambuco (São José da Coroa Grande, Barreiros, Tamandaré e Rio Formoso) e nove de Alagoas (além de Maragogi, Barra de Santo Antônio, São Luís do Quitunde, Passo de Camarajibe, São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras e Japaratinga).

Ah, as Galés de Maragogi

A fama de Maragogi vem das suas impressionantes piscinas naturais – chamadas de Galés. Distantes cerca de 6 km da praia, elas se formam em alto mar por conta dos arrecifes de corais. É possível chegar até as Galés de lancha ou catamarã. A maioria dos hotéis e pousadas oferece o passeio por cerca de R$ 50 por pessoa, com duração média de 2 horas.

DSC03895

Mas para desfrutar do melhor das piscinas naturais é preciso se programar. O passeio é recomendado quando a maré está baixa. Por isso, dias que terão lua cheia são os mais indicados, já que a maré é mínima e a profundidade da água está a cerca de um metro. Assim, é possível se divertir tranquilamente no mar verde cristalino das Galés.

O turista tem a opção de mergulhar na superfície utilizando snorkel ou, caso queira ir mais fundo, cilindros. Não é preciso ser profissional para optar pelo mergulho com cilindros, nem sequer saber nadar. A profundidade máxima explorada é de 5 metros e um instrutor acompanha pelo braço o mergulhador durante todo o tempo.

Quando a medição indicar maré acima de 0,5 m é sinal de alerta, já que muitos pontos das piscinas naturais podem não dar pé. É preciso redobrar o cuidado com as crianças para que elas não se afoguem ou se machuquem nos arrecifes. Em alguns dias, o passeio às Gales não é realizado diante dos riscos da maré alta.

DSC03902DSC03902

Vida boa nas praias

Além das piscinas naturais, a cidade de Maragogi se destaca por reunir algumas das mais belas praias do litoral alagoano. É o 2º destino mais procurado no Estado, perdendo apenas para Maceió. São 22 km de areias quase desertas e com ares bucólicos, ideais para quem busca sossego e contato com a natureza. A combinação de coqueirais, areia fina e batida, mar cristalino, calmo e, por vezes, quase morno, é extasiante.

Além da praia com o mesmo nome do município, é indispensável conhecer Burgalhau, Barra Grande e Peroba, já na divisa com Pernambuco. A menos de 10 km de Maragogi está a cidade de Japaratinga, outra parada obrigatória.

Com pouco mais de 7 mil habitantes, Japaratinga alia a tranquilidade e o charme de uma antiga vila de pescadores com uma eficiente estrutura turística de bares e pousadas. Cansou do mar cristalino? Aproveite para conhecer um pouco mais da história do município e visite a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Candeias, construída por holandeses.

Melhor época para ir

Se não bastassem tantas belezas reunidas em um só lugar, Maragogi ainda foi abençoada com clima perfeito o ano inteiro. O sol dá o ar da graça praticamente todos os dias. A temperatura média anual da cidade é de 27º C. Mais do que escolher a estação do ano, é ficar de olho na tábua das marés, pois os passeios às piscinas naturais, os mais procurados da cidade, só são possíveis em época de maré baixa. Uma boa dica é ficar de olho na lua. O período de lua cheia e lua nova são os que registram as marés mais baixas.

Advertisements

Uma bela cidade chamada Maceió

Tem ficado cada vez mais difícil de dizer qual é a cidade que já morei que mais gosto. Até bem pouco tempo atrás Paraty ganhava de Curitiba em muitos pontos, mas Londres ganhava das duas em outros. Teve a Cidade de Cabo na África do Sul e até a cidade Maravilhosa – o Rio de Janeiro!!!!!

A verdade é que cada cidade tem seu charme e seus pontos fortes que nunca serão encontradas em outras.

Em função do meu trabalho estou sempre me mudando e recentemente cheguei de mudança na bela e tão famosa cidade de Maceió.

maceio1

Localizada em um ambiente totalmente litorâneo, Maceió destaca-se pela sua beleza exuberante. Encravada entre os coqueiros, mangues e um belíssimo mar, proporciona a todos que a visitam lindas recordações. Hoje, com aproximadamente um milhão de habitantes, é um dos mais belos pólos turísticos do Brasil, triplicando sua população na temporada de férias.
maceio2

Suas praias são tidas como as mais bonitas do Brasil. Toda a orla marítima é enfeitada por coqueiros que dão um toque mágico à paisagem deslumbrante. Algumas das praias ainda são primitivas e deixam os visitantes em êxtase e sem vontade de deixá-las; elas são banhadas por um mar ora verde, azul, incomparáveis para o deleite da vista humana.

A capital de Alagoas tem localização privilegiada. Banhada por 15 praias, Maceió destaca-se no cenário nacional e até internacional, principalmente pela beleza exuberante de suas praias, sempre mornas e cristalinas. As areias, brancas e finas, os arrecifes que formam as piscinas naturais e a imensidão de coqueirais completam o cenário paradisíaco.

maceio3

 

A maior atração turística de Maceió, e que ganhou destaque em todo o País (obviamente não em números de turistas, mas pela beleza do lugar) são as piscinas naturais. Hoje anda “meio esquecida” – segundo os próprios jangadeiros que transportam os visitantes; há uma divulgação muito pequena das piscinas, e os turistas acabam fugindo para outros locais. Chegando na orla da Pajuçara em dia de sol, é impossível não se apaixonar pela cor do mar.

As piscinas naturais são curiosas formações de recifes e bancos de areia onde a água, na maré baixa, bate na altura das coxas.

Duzentos metros em qualquer direção e você cai no alto-mar, tendo de nadar para se manter à tona. Dentro das piscinas, contudo, pisa-se em areia firme e relaxa-se numa água morna, transparente, cercada de peixes coloridos.

Se tiver oportunidade venha a Maceió, isso aqui é bom demais, isso aqui é o meu Brasil!!!!!