É A VEZ DO RIO! Cidade recebe a Bandeira Olímpica de Londres e convida o mundo para 2016

Cidade Maravilhosa recebe a primeira edição dos Jogos Olímpicos na América do Sul daqui a quatro anos.

É a vez do Rio! A Cidade Maravilhosa recebeu neste domingo, de braços abertos, a Bandeira Olímpica, durante a Cerimônia de Encerramento de Londres 2012, e é oficialmente a cidade olímpica. Pelos próximos quatro anos, todo o planeta acompanhará dia após dia o trabalho do Brasil rumo a 2016, um momento histórico que culminará com a primeira edição dos Jogos Olímpicos na América do Sul.

Foram oito minutos de um grande abraço coletivo no Estádio Olímpico de Londres. A diversidade da cultura brasileira foi representada pelos músicos Seu Jorge e Marisa Monte; o rapper BNegão; o gari passista símbolo do carnaval do Rio de Janeiro, Renato Sorriso; e a modelo internacional Alessandra Ambrósio.

Foram selecionados 225 dançarinos voluntários residentes na Europa, sendo 31 brasileiros de diversas cidades do país, vestidos de figurinos assinados pelo estilista e artista plástico Jum Nakao. As peças foram produzidas em cidades ícones da moda mundial como Roma, Milão, Londres e Rio de Janeiro.

Dividida em quatro pilares, a Cerimônia abordou a felicidade do povo, a diversidade cultural e a energia contagiante do brasileiro. Para finalizar, o convite: que todas as nações estejam juntas, celebrando o Movimento Olímpico na Cidade Maravilhosa daqui a quatro anos.

Sejam bem-vindos!

Fonte: Rio2016.com

Advertisements

Não tem praia nem montanhas, vai sobre o O2 mesmo…

Londres agora também tem bondinho.

A Secretaria de Transportes da Grã-Bretanha anunciou que o teleférico que vai passar sobre o rio Tamisa, na parte leste de Londres, começa a funcionar a partir da próxima semana, ligando a Excel Arena, no norte do rio Tâmisa, até a arena poliesportiva Millennium Dome – Arena O2.

São esperadas 2,5 mil pessoas usando o teleférico por hora nos 34 carros do bondinho de Londres

 

A tarifa cobrada será de 3,20 libras (R$ 10), com ofertas especiais para os passageiros moradores da região.

Mas fala sério…

…nada se compara ao nosso bondinho do Rio de Janeiro.

Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor!!!!!

Ser Brasileiro nunca foi tão bom!!! Nosso país está superando vários desafios, a economia está crescendo, muitos que antes não tinham oportunidades hoje podem não apenas sonhar, mas ver seus sonhos se tornando realidade. No esporte nossa nação tem também mostrado ser um referencial mundial.

Sediar a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016 com certeza será uma oportunidade de mostrar para o mundo que o Brasil é muito mais do que apenas mulheres bonitas, praias e Amazônia.

Tenho acompanhado (de longe e pela internet) os jogos Pan Americanos de Guadalajara 2011 no México.

Ver a equipe Feminina de voleyball vencer de Cuba por 3×1 dá um gosto a mais de vitória. É como ver o Brasil vencer da Argentina.

Ver as nossas Ginastas superaram a equipe norte-americana e conquistarem a quinta medalha em três dias…

Ver a nossa bandeira sendo asteada em primeiro lugar…

Thiago Pereira ganhar seu nono ouro na prova dos 100 m costas…

Hugo Hoyama e sua equipe mostrando a alegria em vencer mais uma vez…

Eu?

sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor!!!! 

Joga limpo Brasil

Joga Limpo Brasil conquista adesões em pré-lançamento. Cerca de 100 pessoas compareceram à apresentação das estratégias do movimento cristão que disseminará a mensagem bíblica durante a Copa do Mundo de 2014.

Evento foi realizado no último sábado (17/09), em São Paulo.

Foi com muito entusiasmo que representantes de igrejas e organizações cristãs receberam a proposta de mobilizar voluntários para  disseminar a mensagem e princípios bíblicos, aproveitando o contexto dos  grandes eventos esportivos a serem realizados no País: a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

Idealizado com o objetivo de criar um gigantesco movimento  para  difundir princípios bíblicos que podem  fazer frente aos problemas sociais brasileiros, o Movimento Joga Limpo Brasil (MJLB) foi apresentado no dia 17 de setembro, no auditório “Escola Americana”, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, na capital paulista.

À frente da iniciativa estão a Coalizão Brasileira de Esportes (CBE), Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e Amme Evangelizar.

“Trata-se do pontapé inicial, focado, inicialmente, na Copa do Mundo de 2014, e de um convite para que todos os cristãos brasileiros se engajem nesse movimento”, sintetiza Erní Seibert, coordenador de Comunicação do MJLB e secretário de Comunicação e Ação Social da SBB, lembrando que a data escolhida para a apresentação do projeto remete aos mil dias que antecedem o início do mundial.

O jornalista Reinaldo Gottino, mestre-de-cerimônias do evento,  apresentou os representantes das entidades coordenadoras. Na fala de abertura, Marcos Grava, coordenador de  grandes  eventos esportivos da Coalizão Brasileira de Esportes, salientou que o MJLB nasceu  com o propósito de transformar a vida  e o comportamento  das pessoas. “Pela Palavra de Deus,  o Brasil será uma sociedade liberta. Sejam todos bem-vindos. Se juntos podemos, então, vamos virar este jogo”, saudou a todos.

O capelão esportivo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Danilo Scarpelli Dourado, expressou a alegria da entidade em fazer parte do movimento e conduziu a oração inicial. A tradição esportiva da universidade foi ressaltada pelo mestrede-cerimônias, Reinaldo Gottino, que, em seguida, chamou ao palco o coordenador de Comunicação do MJLB e secretário de Comunicação e Ação Social da SBB, Erní Seibert. “Grandes viradas não são uma característica exclusiva do futebol. A Bíblia Sagrada está cheia de grandes viradas e nos ensina como promovê-las, ao olharmos para Jesus. Se dermos esta grande virada e jogarmos limpo, o Brasil vai ser um país bem melhor”, afirmou Seibert.

Coube  a Marcos Grava apresentar a iniciativa, que está inserida no  Movimento Joga Limpo, um esforço conjunto de instituições cristãs do Brasil e do exterior, que tem como base experiências recentes e bem-sucedidas realizadas nos Jogos Olímpicos de Atlanta (1996), de Sydney (2000), de Atenas (2004) e Pequim (2008); nas Copas do Mundo da Alemanha (2006) e da África do Sul (2010); e nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro (2007). “Agora é  a nossa vez.

O desafio é muito grande, mas é também uma grande oportunidade de semear a Palavra de Deus”, afirmou.

Grava explicou que o nome escolhido para o programa é alusivo à expressão inglesa “fair play” (jogo limpo), muito usada no meio esportivo para tratar da questão da ética, do cumprimento  das regras e da importância do respeito entre os competidores.

Assim, utilizando essa metáfora, o movimento pretende chamar a atenção para a importância de se praticar os princípios bíblicos no dia a dia, contribuindo, desta forma, para uma sociedade mais justa, pacífica e harmônica. A criação do movimento foi inspirada na visão que levou o apóstolo Paulo a ir de Atenas para Corinto (Livro de Atos dos Apóstolos, Capítulo 18), uma das maiores e mais movimentadas cidades do Império Romano e sede de um dos maiores eventos esportivos periódicos, os Jogos Ístmicos. Ali, Paulo encontrou a oportunidade para anunciar o evangelho com liberdade e alcançar pessoas de todas as partes do mundo.

“Nosso alvo é mobilizar 20 mil igrejas em todo o País, orientar 20 mil voluntários internacionais e desenvolver atividades de impacto durante os 30 dias da Copa de 2014. Também queremos servir aos comitês organizadores destes eventos, nas 12 cidades-sedes, com atividades voluntárias”,  adiantou Grava, explicando como as igrejas podem aderir ao movimento.

Erní Seibert encarregou-se de apresentar o Plano de Comunicação, destacando que no dia 12 de março de 2012, no Espaço Cultural Presbiteriano de Pinheiros, na capital paulista, haverá um grande evento nacional, para marcar o lançamento do Movimento Joga Limpo Brasil. “Todos já estão convidados para este encontro, que será seguido de eventos regionais, em  todas  as 12 cidades-sedes da Copa do Mundo”, incentivou Seibert.

Em seguida, Alex Dias Ribeiro,  ex-diretor da organização Atletas de Cristo e capelão de atletas brasileiros em três Jogos Olímpicos, falou sobre o início de sua carreira na Fórmula 1 e de como a inscrição “Cristo salva” em seu capacete e no carro que pilotava foi importante para difundir a Palavra de Deus em todo o mundo. “Sou a terceira geração de uma família batista. Sempre achei que tínhamos o melhor produto do mundo apresentado da pior maneira possível. Tinha muita vontade de mudar isto”, contou ele, destacando a dimensão da linguagem universal do esporte.

Ao final do evento, Marcos Grava, Erní Seibert e Alessandro Miguel, missionário da AMME Evangelizar, entregaram aos representantes de igrejas e organizações cristãs presentes o certificado “Eu jogo neste time”, atestando seu compromisso em participar do movimento Joga Limpo Brasil.Sobre as organizações coordenadoras  Coalizão Brasileira de Esportes (CBE): é uma rede de ministérios esportivos presente em todo o País, que reúne voluntários, igrejas e demais instituições cristãs comprometidas com a utilização sadia e ética do esporte como instrumento de inclusão e transformação social. Há muitos anos, a CBE e outras organizações parceiras, presentes em mais de 150 países ao redor do mundo, colaboram voluntariamente com os Comitês Organizadores de grandes eventos esportivos, tais como Jogos Olímpicos, Jogos PanAmericanos e a Copa do Mundo de Futebol, visando o uso destes eventos como palco para o atendimento e alcance de pessoas.

Sociedade Bíblica do Brasil (SBB):  é uma entidade sem fins lucrativos, de natureza  filantrópica, assistencial, educativa e cultural. Sua finalidade é traduzir, produzir e distribuir a Bíblia, um bem de valor inestimável, que deve ser disponibilizado a todas as pessoas. Além disso, por seu caráter social, desenvolve programas com o objetivo de promover o desenvolvimento espiritual, ético e social da população brasileira.

Fundada em 1948, construiu sua trajetória com base na missão de “promover a difusão da Bíblia e sua mensagem como instrumento de transformação espiritual, de fortalecimento dos valores éticos e morais e de incentivo ao desenvolvimento humano, nos aspectos espiritual, educacional, cultural e social, em âmbito nacional”.

 AMME Evangelizar:  é a Associação de Missionários Mantenedores da Evangelização, uma missão brasileira,  independente e não denominacional, fundada no ano 2000, com o propósito de ajudar as igrejas cristãs do país a cumprirem sua tarefa de evangelizar todo o mundo. A AMME cumpre seu propósito através de quatro diretrizes: motivar, treinar, suprir e apoiar. Em 11 anos, a AMME se aproximou de 100 milhões de pessoas que receberam uma apresentação do evangelho a partir de seu ministério.