Cada estado, cada cidade

Agende essa data e não perca essa oportunidade!!!

Preparando ministros de esportes. Uma grande oportunidade que a igreja brasileira está tendo de se preparar para os eventos esportivos que acontecerão no Brasil:
* 2013 – Copa das Confederações
* 2014 – Copa do Mundo
* 2016 – Olimpíadas

A Coalizão Brasileira de Esportes está promovendo uma conferência internacional em Natal no mês de janeiro de 2013. O foco é capacitar vocacionados para trabalhar com ministérios de esportes e planejar projetos e eventos a serem desenvidos nos próximos anos no Brasil, através da igreja local.

Assita o vídeo e espalhe essa idéia!!!!

Advertisements

Daniel Dias pode virar em Londres maior paralímpico do Brasil

O sorriso cativante e o carisma continuam os mesmos. Nem a barba de “colocar medo nos adversários” cultivada nas últimas semanas foi capaz de mudar isso. Entretanto, o Daniel Dias que chega a Londres para disputa dos Jogos Paralímpicos é outro, bem diferente do que desembarcou em Pequim quatro anos atrás. De fã de Clodoaldo Silva, ele se transformou em ídolo. De revelação na China, ele se tornou a maior estrela de uma delegação de 182 atletas e principal condutor do país na missão de chegar ao inédito sétimo lugar no quadro de medalhas.

Com o visual alterado provisoriamente, já que o acordo com o treinador Marcos Rojo prevê cara limpa na estreia nos Jogos, quinta-feira, Daniel mergulha na piscina do Parque Aquático de Londres para dar continuidade a algo que se tornou constante em sua vida: subir ao pódio. Dono de nove medalhas em Pequim-2008 (quatro de ouro, quatro de prata e uma de bronze), o paulista de Campinas disputará oito provas na capital britânica e pode se consolidar como maior atleta paralímpico da história do Brasil no ato final de um ciclo que também inclui 11 medalhas de ouro no Parapan de Guadalajara-2011, oito de ouro e uma de prata no Mundial da Holanda-2010 e o prêmio Laureus de 2009.

– Quero representar bem o país e me sinto muito honrado por estar aqui entre atletas como Terezinha (Guilhermina), André Brasil, Clodoaldo Silva, Antônio Tenório… Pequim foi fantástico e espero que aqui também seja. Lá foi algo mais sem responsabilidade. Tinha feito um grande Parapan, mas em nível mundial eu ainda não era muito conhecido. Depois disso, foram quatro anos fantásticos. Ganhei o Laureus, o “Oscar do Esporte”, e espero carimbar essas conquistas fechando o ciclo com medalhas de ouro.

Como se não bastassem as conquistas já listadas, Daniel Dias conta ainda em seu currículo com outros oito ouros no Parapan do Rio-2007, além de três ouros e duas pratas em seu Mundial de estreia, na África do Sul, em 2006. Trajetória avassaladora de quem sequer pensava em se tornar um atleta até Atenas-2004, quando descobriu um mundo de possibilidades ao se encantar com os seis ouros e uma prata de Clodoaldo Silva.

Oito anos depois, o mesmo Clodoaldo virou adversário na classe S5 (nadadores com limitações físico-motoras) e pode ver o fã superá-lo no posto de maior medalhista paralímpico do Brasil. Atualmente, o “Tubarão das Piscinas”, que compete em quatro provas em Londres, enverga 13 pódios (seis ouros, cinco pratas e dois bronzes), assim como a ex-velocista Ádria Santos (quatro ouros, oito pratas e um bronze).

Daniel, que tem nove, pode voltar ao Brasil com 17 no total. A marca, no entanto, está longe de ser prioridade para o nadador.

– Foi tudo muito rápido (na carreira). Não parei para pensar nisso (recorde) e procuro nem pensar. Quero fazer o meu trabalho dentro da piscina. Se o meu melhor naquele momento for uma medalha de ouro, vou ficar extremamente feliz. Superar um grande atleta como o Clodoaldo será espetacular, fantástico, mas se não acontecer também vou ficar feliz. Quero focar nas minhas provas e ajudar os companheiros nos revezamentos.

Apesar do discurso humilde, Daniel Dias sabe que superar a marca de 13 medalhas em Londres é uma tendência. O brasileiro é recordista mundial em cinco das seis provas individuais que irá disputar: 50m, 100m e 200m nado livre, 50m costas e 50m borboleta, todas na classe S5. Ele ainda entra na água pelos 100m peito na SB4 – também para atletas com limitações físico-motoras – e nos revezamentos 4 x 100m medley e livre com pontuação máxima de 34 no somatório da classificação funcional dos atletas.

– Espero, sim, medalhas nas seis individuais. Não posso garantir as cores, mas vou dar o meu melhor para quem sabe sair com seis ou cinco ouros.

A primeira prova de Daniel Dias em Londres será os 50m livre, que tem as eliminatórias marcadas para a manhã de quinta-feira. Antes, porém, o nadador tem uma missão importante: será o porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos, quarta-feira, no Estádio Olímpico.

Por Cahê Mota (http://globoesporte.globo.com)

Treinamento para Copa do Mundo e Olimpiadas

O que você descobre no CEFLAL

1. Continuamos a dar os passos na preparação da igreja para fazer diferença antes, durante e depois da realização Copa de 2014 no Brasil; além da olimpíada do Rio de Janeiro em 2016, usando a linguagem universal do esporte.

2. KidsGames, TeenGames, EdgeGames e FamilyGames são ações que envolvem crianças, adolescentes, jovens, universitários e famílias em eventos esportivos criando uma ponte entre a igreja e a comunidade.

3. Quais oportunidades teremos quando o mundo estiver de olho no nas OLÍMPIADA DE LONDRES 2012, no Brasil em 2014 e 2016.

4. Um grupo de 6 pessoas é suficiente para começar um ministério esportivo envolvendo 120 crianças ou adolescentes em sua igreja.

5. Participação efetiva em um KidsGames/TeenGames envolvendo crianças e adolescentes… Você vai organizar este evento!

6. Um Grupo Local de Atletas de Cristo pode funcionar em sua cidade, região ou bairro liderado por você ou por pessoas da sua igreja.

7. O mundo está dividido em 50 mini-regiões para evangelização através da linguagem universal do esporte e há 10 estratégias básicas e você pode fazer parte do concílio de implementação em sua cidade ou região.

8. Projeto Solidariedade… o desafio de um banco de horas com 1 milhão de horas. Visitas a hospitais, asilos, trabalhos comunitários, ecologia. Envolvendo suas ações esportivas, igrejas e ministérios numa rede mundial de ações de compaixão.

9. Construiremos um evento evangelístico ao final do curso para parte pratica.

10. Você fará parte da CBME (Coalizão Brasileira de Ministérios Esportivos) (www.cbme.com.br).

ATENÇÃO – O treinamento CEFLAL acontece em 2012 em 5 cidades simultaneamente. Também utilizamos esportes radicais e desafios esportivos para otimizar o aprendizado. Além de um módulo bíblico com a finalidade de aprofundar o conhecimento do aluno na Palavra de Deus e no exercício da sua vida devocional. PRECISAMOS DE DEDICAÇÃO TOTAL DE TEMPO NO DECORRER DO CURSO.

REQUISITOS PARA SER TREINADO NO CEFLAL

– Convicção cristã e indicação por escrito de uma liderança de igreja local, missão ou organização cristã.
– Ter o desejo de servir ao Reino de Deus através de ministérios na área esportiva.

CAPACITAÇÃO
Os participantes do CEFLAL  estarão aptos a começar, desenvolver e administrar ministérios esportivos em suas igrejas e/ou organizações.

A CBME e a Coalizão dos Ministérios Esportivos Internacionais recomendarão os líderes aqui formados, para desenvolverem Ministérios Esportivos em igrejas, missões e Liderança de Atletas de Cristo em Grupos Locais.

 

 

 

 

 

Maiores informações: http://www.coalizaobrasileira.com.br/ceflal2012.php

Um investimento que vale a pena!!!!

Jesus pode mudar sua história de vida. ( Mineiro)

Tive na semana passada a oportunidade de conhecer o “mineiro” jogador de futebol que hoje atua na Alemanha. Enquanto traduzia pra ele durante um das palestras, percebi a humildade e simplicidade desse irmão em Cristo.  Mineiro mostrou que fama, dinheiro e sucesso fica em segundo plano quando nossos valores estão firmados em Deus!!!!

Blog de cristonoesporte :Cristo no Esporte, ' Jesus pode mudar sua história de vida.'  ( Mineiro)

Mineiro começou a jogar futebol bem novo, aos 6 anos de idade nas categorias de base Internacional da Porto Alegre/RS. Ficou por lá até os 17 anos. Quando chegou ao time de juniores foi dispensado devido a sua estatura que não era considerada a ideal pra o futebol gaúcho.  Depois, tentou sem sucesso ingressar em outras equipes, como Grêmio, Corinthians, Vasco e Juventude não sendo aprovado por nenhum time.  Chegou a desistir de jogar futebol ficando parado por 5 meses até que foi convencido por uma amigo a fazer mais uma tentativa. No Dom Bosco Futebol Clube de Porto Alegre, Mineiro passou em todos os testes e, depois de um tempo, foi chamado para jogar no Rio Branco de Americana/SP.                                                                                                                                  

De lá seguiu para a Ponte Preta e depois, para o São Caetano. Em 2004 foi contratado pelo São Paulo F.C. onde sagrou-se campeão da Libertadores da América e Campeão Mundial Interclubes sendo o responsável pelo gol da vitória da equipe paulista contra o Liverpool.  

Tranqüilidade, força de vontade e simplicidade são traços marcantes da personalidade de Mineiro que, com seu comportamento dentro e fora de campo, tem mostrado o quanto os princípios da palavra de Deus são importantes para direcionar a vida de uma pessoa. 

‘Sou um privilegiado. Até os 28 anos de idade não havia conquistado nenhum título em minha carreira e hoje tenho o privilégio de ser campeão mundial. Mas sei que tudo isso está acontecendo porque Deus está me abençoando. Sei que, sem ter Ele em meu coração e agindo em minha vida, nada teria acontecido. Sou grato a Deus por tudo. Ele mudou meu destino, sou uma prova do que Deus é capaz de fazer na vida de uma pessoa! Jesus mudou a minha história.’ Jesus pode mudar sua história de vida. Basta você dar uma oportunidade para que Ele entre em sua vida! Ele está vivo e continua atuando até hoje!              ‘Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente’ João 10:10

Que Deus continue a usar a vida desse brother dentro e fora do campo para compartilhar com muitos o amor de Deus e a salvação através de Cristo Jesus.

Deus te abençoe Mineiro!!!!!